Campeonatos o ano todo ou não?

No Rating

Acompanhando vários amistosos cheguei à conclusão que realizar campeonatos durante o ano todo é a melhor saída, porque é a melhor forma? A resposta é simples; amistosos dão muitos gastos para os clubes, não começam na hora certa, atletas do time “B” geralmente são “sacrificados” pois os do “A”, muitos deles “malas” não dão importância aos amistosos e aí o socorro precisa vir do time chamado aspirante, existem “malas” também no time “B”, mas, são a minoria.  Outro fator é a questão “homens do apito” geralmente são procurados na hora momentos antes de a bola rolar, o que faz alguns treinadores perderem tempo para a preleção com atletas, sem contar que as pessoas que na hora assumem o trabalho de apitar ou trabalhar como auxiliares estão na verdade fazendo um favor.

 

Eu noto também que alguns desportistas são convidados a trabalharem com arbitragem mesmo em amistosos, mas eles não aceitam, só que basta entrarem em campo que querem “apitar”, tomar conta do jogo, a falta de educação por parte de alguns atletas é gritante, não seria a hora de eliminar esses malas e baderneiros? Sim certamente muita coisa mudaria! Alguém pode se perguntar, se tirar esses jogadores quem colocar? É simples, usar a base, os jovens valores ou atletas que realmente queiram jogar, vestir a camisa com amor se é que isso ainda é possível, mas parece ser a melhor forma, existem atletas da base que são malas também, só que isso na verdade acontece quando o jogador se deixa levar pelo egoísmo. Vi também alguns atletas terem uma atitude bem tosca, a do cai-cai, desabam, simulam contusões entre outras coisas, o que não faz parte da regra, mas alguns atletas pararam no tempo e pensam que podem tirar proveito disso, podem até conseguir, isso se a arbitragem for fraca e cair na deles, uma pena que ainda existem atletas que ao invés de serem exemplos são na verdade problemas.

 

Tem coisa boa e ruim normal que seja assim, existem aqueles jogadores que comparecem em todos os jogos, temos atletas fiéis que certamente merecem o “prêmio fidelidade” já outros deveriam ser premiados com o troféu “sem compromisso” talvez seja uma ideia a ser colocada em prática.

 

Vejo times visitantes e até mesmo os mandantes chegarem ao local do jogo perto das 15h, estrada ruim? Não, pois ando nela todo fim de semana, esse não é o problema, sair na hora marcada é um fator importante, uma pena que muitos colocam a culpa em estradas, campos, linhas entre outras coisas, é a chamada desculpa. Time da “casa” chegar após o visitante parece piada, mas acontece.

 

Em alguns amistosos somos sabedores que existem atletas que arrumam confusões, com arbitragem, adversários, torcedores, e até com companheiros do próprio time, isso não acontece em campeonatos? Sim acontece também, mas como tem regulamentos e punições os baderneiros podem e devem levar o chamado “gancho”. Em minha opinião esses atletas deveriam ser punidos sem poder disputar qualquer competição do município, ou seja, excluídos. Alguém pode dizer mas não existe punição para atleta amador, ok pode até ser, mas isto não lhe dá o direito de tomar atitudes mesquinhas e toscas em campo, se nenhum dirigente aceitar atletas assim certamente não teremos que nos preocupar com isso, ficarão sem ter onde jogar, simples assim!

 

Os amistosos servem para testes, mas da forma que vem acontecendo está difícil então a melhor forma seria mesmo realizar campeonatos o ano inteiro, ou pelo menos em 9 meses dele, quem sabe neste período acaba “nascendo” a base dos times.

 

Quantos campeonatos de futebol são realizados por ano? Vamos a eles; Setor Leste que vai para sua quinta edição, Centro Oeste vem para sua edição de estreia, e o Municipal, podem achar pouco, mas em alguns municípios não tem nenhum, é hora de criar mais campeonatos? Pode ser uma ideia, mas aqui em Espigão do Oeste tem vários, o problema é que o mesmo atleta que joga o futebol, joga o society e o futsal, ou seja, criando mais campeonatos faltará matéria prima (material humano), inclusive a equipe de arbitragem é sempre a mesma também.

 

Vamos ao tempo dos campeonatos…

 

O Setor Leste deve acontecer no período de cerca de 90 dias, o Centro Oeste no mesmo período dependendo da quantidade de equipes participantes, o municipal neste ano deve acontecer de julho a outubro, ou seja, por volta de 120 dias, sete meses já estão preenchidos neste caso, e os outros meses? Tem competições como Inter-Bairros de futebol society e este ano volta o Copão de futsal, ainda tem o Setor Leste Máster Society que deve ir para mais uma edição.

 

Amistosos ou campeonatos? Eu prefiro campeonatos e você? Não sou contra os amistosos, desde que sejam levados a sério, tem times que jogam o ano inteiro, seja em campeonatos ou amistosos, outros são times momentâneos, terminam os campeonatos e acabam os times.

 

Para finalizar…

 

Graças a alguns “cartolas” o amador daqui ainda é forte, e se eles resolverem não trabalhar mais? Os “malas” vão assumir? Ou os jogadores “ciganos” que um dia estão em um clube no outro dia em outro? Esqueçam essa parte porque não serão capazes de fazer isto, enquanto existirem aqueles que fazem o chamado sacrifício, fazem por amor, fazem porque gostam ainda teremos equipes, no dia que resolverem dizer adeus com este mesmo adeus acaba também o esporte amador.

35 thoughts on “Campeonatos o ano todo ou não?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

/* ]]> */